1 de mai de 2015

Resenha - Filme: Cinderela



Hey! Tudo ok com vocês? Hoje eu iria postar a resenha do livro O Doador de Memórias, mas como vi Cinderela no cinema e ele é um filme beeem atual, achei legal já fazer a resenha logo, para quem esta com dúvida de ir ou não ver o filme. Eu levei minha prima e minha irmã no cinema, e por voto das duas, fui ver Cinderela. E devo confessar que não botei muita fé não. 

Mas ai, até chegar o sábado, eu comecei a pensar que seria bom e tals. Até porque eu gosto de conto de fadas, e adoro as releituras que acrescentam coisas, porém seguem o enredo clássico. Entende? Como Alice no País das Maravilhas, com o Johnny Deep, onde o enredo foi o mesmo, mas os efeitos especiais deram um toque a mais ao filme e ele ficou incrível. Botei na minha cabeça que teria elementos diferentes, com mais drama ou mais maldade e magia da madrasta... E me decepcionei. O filme não foi aquilo que eu pensava ser.

Filme: Cinderela (2015)
Título Original: Cinderella
Duração: 1h44 minutos
Diretor: Kenneth Branagh
País: EUA
Atores Prinpais: Lily James, Cate Blanchett, Richard Madden

"Após a trágica e inesperada morte do seu pai, Ella (Lily James) fica à mercê da sua terrível madrasta, Lady Tremaine (Cate Blanchett), e suas filhas Anastasia e Drisella. A jovem ganha o apelido de Cinderela e é obrigada a trabalhar como empregada na sua própria casa, mas continua otimista com a vida. Passeando na floresta, ela se encanta por um corajoso estranho (Richard Madden), sem desconfiar que ele é o príncipe do castelo. Cinderela recebe um convite para o grande baile e acredita que pode voltar a encontrar sua alma gêmea, mas seus planos vão por água abaixo quando a madrasta má rasga seu vestido. Agora, será preciso uma fada madrinha (Helena Bonham Carter) para mudar o seu destino..." - Adoro Cinema

Antes de tudo, uma pausa para falar sobre a fofura master do curta de Frozen. O curta que passa antes de Cinderela, é sobre o aniversário da Anna, e Elsa tenta fazer desse o melhor dia de todos, porém ela pega uma gripe, onde pequenos Olaf's surgem aos montes e acabam atrapalhando tudo. E é muito lindo. Talvez coloquem no YouTube daqui um tempo, e eu vou correr para ver de novo. Muito amor, muito lindo, muito fofooooo hahaha. Enfim...

Todo mundo conhece a história da Cinderela, não tem como existir spoiler: os pais morrem, ela fica com a madrasta e as duas irmãs más, e então ela vira empregada, é humilhada, colocam o apelido de 'gata borralheira' e 'cinderela', tem o baile, ela vai escondida e encantada pela fada madrinha, dança, meia-noite, sapatinho... Todos conhecem a história. Mas quando nós vamos ao cinema ver uma releitura de algo tão clássico e antigo, queremos ver algo de diferente. Um clímax diferente, características diferentes, cenas diferentes, mas ainda assim, dentro do enredo. Como disse antes, o que acontece com Alice no País das Maravilhas, com Jhonny Deep, em Espelho, Espelho Meu, com a Lily Collins, ou então em Branca de Neve e o Caçador, com a Kristen Stewart. Enfim, algo que diferenciasse a história clássica da mais atual... Mas isso não acontece.

Fiquei boquiaberta com os figurinos e efeitos especiais maravilhosos. Lindos de se ver e bem conto de fadas, onde a gente suspira sonhando em encontrar com nossa fada madrinha (A.K.A. Bellatrix). Porém, senti que faltou algo que me prendesse ao filme. Em momento algum eu senti vontade de ver aquilo até o final, e tenho certeza que não veria em casa, por minha própria vontade. Tiraria nos primeiros 20 minutos. Pelo simples motivo de que eu já sei o final. Quando eu vi Espelho, Espelho Meu eu já sabia como terminaria, teria o felizes para sempre. Mas vi o filme inteiro porque os personagens me cativaram, e porque queria saber como essa nova adaptação chegaria ao final. Como chegaria no felizes para sempre. Mas em Cinderela, não tem uma ansiedade para ver como vai acontecer, o filme segue a história perfeitamente.




Eu não senti uma certa simpatia com a Cinderela, a personagem, porque eu achei a 'bondade' dela um pouco forçada. A mãe dela diz para ela "ter coragem e ser gentil" e no filme todo eu vi ela tentar seguir o que sua mãe disse. Porém, na minha visão, ela foi apenas gentil, não questionando o que sua madrasta mandava ela fazer, mas lhe coragem faltou. Porque com a coragem, ela poderia ter enfrentado suas irmãs e a madrasta para colocar um basta na exploração que faziam ela passar. Mas tirando isso, eu não me apaixonei pela Cinderela, como deveria ser. Assim como o príncipe, que eu também achei um pouco forçado, e não senti essa simpatia toda pelo casal. Tirando a cara de monga dela haha.

Eu amo os vilões, porém senti que a madrasta era muito mole. Sério. Eu achei que era seria a lá Malévola, e daria a louca em algum momento. E então o príncipe teria que ir salvar a Cinderela, e teria uma certa batalha, ou algo assim... Mas não tem nada. A Cinderela fala meia dúzias de palavras, e a madrasta deixa ela ir embora. Sem derrota, sem batalha, sem clímax. Clímax! Foi isso que faltou no filme. E eu dormi nos momentos finais, porque ele seguia um mesmo ritmo leve, sem me deixar louca de emoção. 

O engraçado é que uma das irmãs malvadas é linda! E as duas deveriam ser horrendas, porém uma delas é muito linda, mesmo. Os figurinos são lindos e a cena final, no casamento (sem essa de spoiler!) me deixou perplexa. A decoração era maravilhosa. A cor das flores, eles na sacada dando tchau aos súditos. Mas a decoração ficou maravilhosa.

Para quem quer ver um filme onde é retratada a Cinderela clássica, onde você já sabe o final, e não vai ver novidade nenhuma, apenas a história num formato mais atual, é um ótimo filme. Os efeitos especiais são lindos, e a cena da fada madrinha (A.K.A. Bellatrix) foi maravilhosa. Sem falar da parte da valsa, onde a Cinderela dança com o príncipe no grande salão. As cenas são lindas, e a fotografia do filme impecável. Porém em ritmo e enredo, eu senti falta de algo que desse emoção.

Ps. A mãe da Cinderela era linda, e eu queria muito que ela fizesse a filha quando estivesse maior. 

Você viu o filme? Teve uma conclusão mega diferente da minha? Deixa nos comentários, que eu vou adorar ler. 

Fiquem bem,
e até.

Me acompanhe nas Redes Sociais

3 comentários:

  1. Eu amei esse filme!!

    ResponderExcluir
  2. De todas as histórias já leu ou ouvir sobre quando éramos crianças. Um filme da Disney agora dá vida a Cinderela, uma menina que graças à magia se torna uma princesa. Uma história de amor, perfeita para recordar a nossa infância.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, eu gostei. Richard Madden ❤️ eu amo isso desde que eu o vi em Game of Thrones ❤️ Adorei este filme, a historia esta cheia de romance e os personagens fazem uma química maravilhosa, você pode sentir o amor através da tela.

    ResponderExcluir