11 de out de 2014

Resenha - Livro: A Culpa é Das Estrelas

Foto: Celine Taylor / Flickr.com

Hey! Tudo bem? Hoje vim mostrar pra vocês a resenha de A Culpa é Das Estrelas, porém ela não foi escrita por mim e sim pela Jessie Oliveira, uma amiga minha. Li o livro e vou aparecer para mostrar minha opinião, porém resolvi postar a dela, já que não lembro tanto do livro para fazer essa resenha. Aproveitem :)

Depois de muita resistência, finalmente me rendi ao grande sucesso de John Green, o livro que trouxe sua carreira ao ápice. A Culpa é Das Estrelas ou The Fault In Our Stars (título original e em inglês) conta a história de Hazel Grace, uma menina de dezesseis anos com um câncer terminal. Durante as reuniões do clube de apoio, que seu mãe faz com que ela faça, ela conhece Augustus Waters, um garoto que havia se curado de um câncer nos ossos e acompanhava seu amigo Isaac. Eles vivem uma linda historia de amor, com alguns problemas em seu decorrer.

E então, o meio do livro se desenrola por causa do livro "Uma Aflição Imperial", que Hazel apresenta a Gus e os dois compartilham das dúvidas que o livro trouxe e resolvem ir falar com o autor e é aí que as cenas mais lindas acontecem.

Em minha opinião, o começo do livro é meio apelativo. O autor acaba falando muito em câncer, o que acaba deixando a leitura meio chata.

Foto: Mysterlus Fetus / Flickr.com
Uma das coisas que eu adoro nas personagens do John Green, é o amor pela leitura. Essa já é uma característica das personagens de quase todos os seus livros. O jeito que eles falam do livro “Uma Aflição Imperial” é tão fascinante que me deixou com vontade de lê-lo.

Outra coisa que eu apreciei bastante em ACEDE, foi às inseguranças adolescentes não só da Hazel, como das outras personagens. O livro nos dá uma visão diferente sobre o câncer, a maioria das pessoas não sabe como é ser um adolescente com câncer, e nele temos uma base disso. Vimos que além dos problemas normais como “o que vestir?” eles têm que lidar com outros um pouco mais complicados, que a Hazel chama de “Efeito colateral de se estar morrendo”.

A Culpa é Das Estrelas para mim é um livro extremamente incrível e emocionante, o amor deles era tão forte que foi com certeza além do que a gente pode ver. Um livro divertido e interessante, que prende você até o ponto final.

Bom, não pude resistir e vim dar meu pequeno ponto de vista: achei o livro interessante por causa que a gente conhece mais sobre o câncer e "descobre" que esses adolescentes são como a gente. Porém acho que Jonh Green não tem dom para escrever drama pois não me "fez chorar" nem com ACEDE nem como Cidades de Papel, mas é uma leitura realmente gostosa.

Foto: Flickr

Resolvi falar do filme também, mas não com muitos detalhes, onde não tem muito o que falar. O Ansel, ator que interpreta Augustus, desenvolveu o papel muito bem, assim como a Shailene e acho que o filme foi bem fiel quanto ao livro. Algumas cenas foram excluídas e outras compactadas, porém acho que foi bem fiel. 
A minha cena favorita é a deles na cama e foi exatamente como eu imaginei. O filme é lindo e eu fiquei ainda mais apaixonada pelo Nat Wolf (que fez Stuck In Love e vocês podem ver a resenha aqui), que era o Isaac.

Enfim, como disse, a Jessie havia feito essa resenha e eu resolvi postá-la. Estou esperando mais resenhas dela e vocês podem adicioná-la no Twitter ou Facebook.

Um beijo e até :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário